4 dicas para maximizar as ferramentas do LinkedIn

Criar (e compartilhar) conteúdo relevante e gratuito com uma audiência de nichos segmentados é o preço que você tem que pagar para conseguir a atenção e o interesse de potenciais clientes. O LinkedIn tem incentivado seus membros a criar e compartilhar conteúdo original na rede social. E milhões de pessoas já estão fazendo isso através de sua plataforma de publicações. Por isso, separamos algumas dicas para você maximizar as ferramentas do LinkedIn.

Recentemente, o LinkedIn revelou alguns novos aprimoramentos nessa plataforma que podem ajudar seus artigos a atingir o público certo.

4 dicas para maximizar as ferramentas do LinkedIn

Fonte: Pixabay

Veja 4 dicas para maximizar as ferramentas do LinkedIn

1. Imagem perfeita

O velho ditado diz que “uma imagem vale mais que mil palavras”. E, segundo uma pesquisa da empresa Jeff Bullas, isso é a mais pura verdade. Afinal, eles constataram que artigos com imagens geram 94% mais visualizações totais nas plataformas sociais.

Dado isto, o LinkedIn tornou mais fácil do que nunca melhorar as suas publicações em sua plataforma com a adição de imagens. Tudo o que você precisa fazer é clicar no ícone “Adicionar Multimídia” e colocá-las na galeria. Em seguida, basta arrastar e soltar imagens e vídeos para incorporá-los ao conteúdo onde for mais conveniente.

Usar imagens nos artigos é considerado uma boa prática para quebrar o texto em blocos menores. Assim como adicionar subtítulos, pois facilita a leitura e não deixa o usuário com a impressão de que se trata de um bloco enorme de palavras para ler.

4 dicas para maximizar as ferramentas do LinkedIn

Fonte: Freepik

2. Multimídia funcionando ainda melhor

Muita gente gosta de usar o LinkedIn para gerar negócios. Para isso, utiliza capturas ou gravações de tela para demonstrar uma abordagem ou tática para determinado produto ou serviço que está apresentando. Na nova plataforma de publicações, isso está ainda mais fácil e funcionando melhor.

Além disso, no final de cada postagem, você ainda pode incluir uma chamada para ação clicável, seja convidando alguém para um webinar gratuito, incorporando um vídeo que apresenta melhor sua empresa, convidando para comentar o post, dentre outros.

Vale ressaltar que, quando você adiciona links a páginas de destino ou vídeos, o LinkedIn automaticamente preenche o link com uma imagem clicável ou miniatura de vídeo.

3. Uso de hashtags

Muitas vezes, hashtags são mal utilizadas e interpretadas. Apesar disso, elas realmente podem ajudar as pessoas a descobrir o seu conteúdo. As novas melhorias do LinkedIn em sua plataforma de publicações torna necessário o uso dessas palavras se você quiser atingir o público certo para suas postagens.

Veja também  Conheça alguns erros comuns no gerenciamento do Facebook e evite-os

LinkedIn

Fonte: Freepik

A plataforma deixou claro que postagens incluindo hashtags são visualizadas com mais facilidade no LinkedIn, além de serem mais facilmente acessadas e indexadas dentro do motor de busca interno da plataforma. Para descobrir as melhores hashtags para o seu conteúdo, pense em quais palavras-chave ou frases alguém digitaria no Google para obter mais informações sobre seus tópicos.

Você também pode criar sua própria hashtag dentro do LinkedIn para promover algo específico. A própria plataforma fez isso usando “AlwaysBeLearning” para promover o lançamento do LinkedIn Learning. Na verdade, o LinkedIn possui um calendário editorial que descreve o tema-chave e a hashtag que estará em destaque a cada mês.

Sendo assim, você não pode mais ignorar o uso de hashtags no LinkedIn. Incluí-las em todos os seus conteúdos é cada vez mais importante e vai ajudar com que seu material se destaque e encontre as pessoas certas.

4. Engajamento = Oportunidade

É da nossa natureza querer um feedback imediato sobre como nosso trabalho está sendo recebido. Felizmente, o LinkedIn lançou uma análise de leitor melhorada em seu site para dispositivos móveis e promete incluí-la na nova edição para desktop da plataforma assim que ela for lançada.

LinkedIn

Fonte: Freepik

Um rápido olhar na nova análise do leitor do LinkedIn móvel ajuda a perceber melhor quem gostou e comentou suas postagens e em quais empresas essas pessoas trabalham. Além de seus títulos, cargo, onde elas moram e como encontraram sua postagem.

Para usar o recurso de insights, basta tocar em “Me” no aplicativo para celular do LinkedIn e você encontrará informações em tempo real sobre os posts que você compartilhou e os artigos que você escreveu.

Marketing de conteúdo é tudo sobre engajamento. Por isso, certifique-se de responder aos comentários e tentar conectar com as pessoas que gostaram e compartilharam suas postagens. Afinal, quem para o que está fazendo para ler e se envolver com o seu conteúdo no LinkedIn pode se tornar um lead qualificado e, muito em breve, um ótimo cliente para sua empresa. Aproveite essas dicas para maximizar as ferramentas do LinkedIn!

Veja também

Facebook implementa novas restrições para anúncios de baixa qualidade

Facebook implementa novas restrições para anúncios de baixa qualidade

By | Gestão de Mídias Sociais
Read More
Rodrigo Darzi

Sobre Rodrigo Darzi

Pai de 2 filhos. Especialista em Marketing Digital. MBA em e-Business pela FGV. Formado em Administração de Empresas pelo IBMEC. Empreteco.