8 táticas para aumentar seu alcance no Twitter

Como um canal de marketing, o Twitter já não é opcional. Muita gente está usando, o que significa que sua empresa precisa marcar presença na plataforma. Mas, com tanta gente nele, você pode acabar se perdendo na multidão se não tiver mensagens de impacto. Por isso, confira nesse artigo 8 táticas para aumentar seu alcance no Twitter.

8 táticas para aumentar seu alcance no Twitter

Fonte: Freepik.

8 táticas para aumentar seu alcance no Twitter:

1. Conheça o seu público-alvo: seu público-alvo não é todo mundo. Você quer que seus tweets tenham impacto junto as pessoas certas. Por isso, descubra o que seus clientes realmente pensam para reavaliar os pontos fortes e fracos da sua marca. Baseie-se em dados concreto e opiniões genuínas, deixando os “achismos” de lado.

Para ter um melhor alcance no Twitter, procure também obter opiniões dos clientes sobre seus concorrentes para saber o que eles vêm fazendo certo. Além disso, busque novas ideias de campanha (mas sem copiar as ideias dos outros) e segmente palavras-chave e hashtags específicas que se adequam ao seu nicho. Veja o que seus clientes ideais estão falando e atualize sua estratégia de conteúdo em conformidade com isso.

Para fazer tudo isso, uma boa ideia é familiarizar-se com a Pesquisa Avançada do Twitter. Ela permite que você restrinja sua pesquisa para encontrar exatamente o que você está procurando, o que nem sempre pode ser alcançado com uma pesquisa regular. Isso ajuda a eliminar alguns dos ruídos na comunicação, chegando a mensagens mais específicas e certeiras.

E a melhor parte é que você pode salvar suas pesquisas (até 25 por conta). Por isso, crie um punhado de buscas úteis e visite-as constantemente, ao menos uma vez por semana. Esta também é uma maneira fácil de acompanhar as conversas em seu nicho específico e aumentar o alcance no Twitter.

Twitter

Fonte: Freepik.

Também é possível usar uma ferramenta de monitoramento de mídia social. Configure alertas como se você estivesse criando pesquisas avançadas. Assim, é possível receber relatórios sobre conversas em mídias sociais, além de alertas em tempo real quando as palavras-chave são tendências.

2. Defina sua personalidade: é preciso saber a diferença entre “voz” e “tom”. Pense na voz mais como a personalidade da marca e uma parte essencial de sua identidade, e o tom como o humor da sua marca no dia a dia. A voz não muda pois é assim que você quer que sua marca seja representada, sempre. Mas o tom pode mudar de acordo com o contexto.

Você também não deve sempre estar tentando vender, isso pode inclusive prejudicar seu alcance no Twitter. O Twitter se parece com uma sala de chat gigante e a maioria das pessoas está lá para conversar, fazer brincadeiras ou até aprender algo. Você não pode gastar todo o seu tempo falando sobre si mesmo e seus produtos pois isso é irritante num contexto geral.

Veja também  Por que você não está recebendo atenção nas mídias sociais

Busque equilibrar a promoção com outros conteúdos. Na verdade, a maior parte do seu conteúdo deve ser sobre o nicho, com dicas, curiosidades e material instrutivo, e a menor parte promocional. Concentre-se em oferecer valor aos seus seguidores, pois isso é o que mais importa na hora de melhorar o alcance no Twitter.

Mídias sociais

Fonte: Freepik.

3. Use hashtags relevantes: hashtags funcionam como palavras-chave no Twitter e são o modo como a plataforma cria conjuntos de informações. As pessoas que seguem hashtags estão interessadas nesse conteúdo e, se o seu material se adequar a uma hashtag popular, você vai chegar a um público que está interessado em se envolver com ela.

Se você quiser obter o máximo de hashtags, precisa saber usá-las. Tente não usar mais de três hashtags por postagem e mantenha-as curtas, pois isso as torna mais fáceis de ler, lembrar e soletrar. Além disso, quanto mais precisos os termos das hashtags, melhor. E não tente transformar em hashtags termos irrelevantes, pois eles não terão permeabilidade junto ao público e não farão tanta diferença quando o assunto é alcance no Twitter.

Vale lembrar que, se você estiver criando uma hashtag para uma campanha, ser original pode fazer com que você se destaque, levando mais pessoas a aderir a sua campanha.

4. Saiba quando tweetar: o Twitter é sensível ao tempo. Mesmo com o novo algoritmo do Twitter, apenas o início do fluxo do usuário é afetado significativamente e de forma opcional. Isso significa que você ainda está confiando, em grande parte, no tempo para fazer com que seu conteúdo seja visto.

Alcance no Twitter

Fonte: Freepik.

Pode parecer que todo o mundo está online o tempo todo, mas há alguns momentos por dia em que a audiência se torna mais ativa. E você terá um maior impacto no Twitter quando seu público-alvo estiver envolvido.

Usar ferramentas de análise de audiência ou mesmo as próprias opções de análise do Twitter pode ajudar a descobrir quando seu público-alvo está mais envolvido. Priorize tweetar nesses momentos para obter o máximo impacto.

5. Adicione chamadas para ação: você quer seguidores engajados e cada retweet é uma oportunidade de alcançar uma audiência inteiramente nova. Mas as pessoas não se envolvem com o conteúdo apenas porque se identificam com ele. Muitas vezes, você precisa lhes dizer o que fazer. Palavras como “retweet”, “por favor” e “siga”, dentre outras, estão entre as que mais aparecem em retweets.

Veja também  Como o Facebook seleciona o que aparece na timeline

6. Nem sempre menos é mais: o Twitter é um site de microblog. Por isso, faz sentido que o conteúdo do Twitter seja mais curto do que posts em outras redes sociais. Mas isso não é exatamente verdade. Segundo uma pesquisa do Buffer e da SumAll, o melhor comprimento para um tweet é entre 70 e 100 caracteres.

Marketing em mídias sociais

Fonte: Freepik.

Felizmente, a Universidade de Cornell fez uma ferramenta para a realização de testes A/B que busca indicar qual tweet se sairá melhor na geração de retweets.

7. Use imagens: uma pesquisa do Buffer descobriu que as imagens triplicam a taxa de retweets e quase dobram a taxa de curtidas. Afinal, as imagens acabam tornando as mensagens mais proeminente numa timeline essencialmente conturbada.

Mas, se você não tem imagens de boa qualidade e originais para divulgar, crie imagens simples com citações. Um estudo do próprio Twitter descobriu que as imagens levam a 35% mais retweets e que citações aumentam esses retweets em 19%. O ideal é combinar citações e imagens para conseguir máximo impacto.

8. Seja pessoal: não tweet como um robô pois, em uma mídia social, os usuários esperam desfrutar de um toque familiar. Sempre que possível, marque pessoas nos tweets pois isso dá uma sensação mais pessoal a suas mensagens. As marcas que conquistaram o Twitter não soam como empresa, mas se parecem pessoas. E por isso que, por mais empresarial que você deseje parecer, seus tweets devem parecer escritos por seres humanos.

Veja também

Passo a passo para montar um plano estratégico para redes sociais

Passo a passo para montar um plano estratégico para redes sociais

By | Gestão de Mídias Sociais | No Comments

Todo mundo que deseja ter presença nas mídias sociais precisa de um plano estratégico. Porém, criá-lo pode não ser uma tarefa fácil. Todas as ações que você toma na mídia social deve fazer parte de uma estratégia de marketing digital maior. Isso significa que todas as postagens, respostas, curtidas e comentários devem ser guiados por um plano para atingir seus objetivos comerciais. Pode parecer complicado, mas se você planejar tudo corretamente, não será difícil e acontecerá naturalmente.

Veja também  3 formas simples de aumentar o número de seguidores nas mídias sociais
Read More
10 tendências para mídia social em 2018

10 tendências para mídia social em 2018

By | Gestão de Mídias Sociais | No Comments

O que está no horizonte do marketing de redes sociais em 2018? Com o novo ano se aproximando rapidamente, é importante refletir sobre o que está por vir para garantir um bom planejamento para as estratégias do próximo ano. Confira 10 tendências para mídia social em 2018 no blog da Agência IMMA. Aproveite para entender melhor sobre todas as tendências e começar já a criar estratégias para as mídias sociais da sua empresa.

Read More
4 dicas para usar notícias na sua estratégia de mídia social

4 dicas para usar notícias na sua estratégia de mídia social

By | Gestão de Mídias Sociais | No Comments

As mídias sociais e o conceito de estar sempre conectado mudaram para sempre a forma como as notícias são produzidas, aumentando drasticamente a produção e a demanda por conteúdo. Mas como usar a mídia tradicional na digital? Confira 4 dicas para usar notícias na sua estratégia de mídia social e saia na frente da concorrência utilizando um conteúdo novo e popular para impulsionar o engajamento nas mídias sociais da sua empresa.

Read More
4 táticas de marketing em mídia social para evitar

4 táticas de marketing em mídia social para evitar

By | Gestão de Mídias Sociais | No Comments

As pessoas sempre descobrem formas para tentar burlar o sistema. No caso do marketing digital, isso não é diferente: há um monte de gente tentando explorar cada lacuna e desenvolvendo truques para fazer você clicar e aumentar suas métricas. Porém, a longo prazo, isso faz mais mal do que bem. Conheça 4 táticas de marketing em mídia social para evitar no blog da Agência IMMA Marketing Digital e tenha conhecimento do que fazer e não fazer na gestão de suas mídias sociais.

Read More
5 erros de marketing com influenciadores que estão estragando suas campanhas

5 erros de marketing com influenciadores que estão estragando suas campanhas

By | Gestão de Mídias Sociais, Marketing Digital | No Comments

As campanhas com influenciadores são uma tendência importante e que não mostra sinais de que irá acabar tão cedo. É possível encontrar influenciadores em qualquer mídia social promovendo produtos e serviços para vários nichos. Mas também é importante saber trabalhar com eles. Por isso, confira 5 erros de marketing com influenciadores que estão estragando suas campanhas.

Read More

Sobre Rodrigo Darzi

Pai de 2 filhos. Especialista em Marketing Digital. MBA em e-Business pela FGV. Formado em Administração de Empresas pelo IBMEC. Empreteco.