Entrevista com Mirela Pizani: o cenário do YouTube no Brasil

Pai da Júlia e do Pedro. Especialista em Marketing Digital, com MBA em e-Business pela FGV. Formado em Administração de Empresas pelo IBMEC. Empreteco.
09/06/2021
Marketing Digital

O que você sabe sobre o cenário do YouTube no Brasil? A plataforma é, de fato, uma das principais redes de criação e consumo de conteúdo no mundo. Em artigos anteriores, chegamos a citar um pouco sobre os principais dados que fazem do YouTube o gigante que é. Mas você sabe exatamente qual é o tamanho da plataforma e qual a sua importância para o marketing digital?

Neste artigo, a gente vai entender melhor sobre a essencialidade do YouTube como vitrine para a sua empresa e como a chegada dos anunciantes proporcionou a evolução e profissionalização dos criadores de conteúdo na plataforma.

Mirela discute o cenário do YouTube nacional

Créditos: Nathalia Bordallo

Por isso, para nos ajudar a entender mais a fundo a rede social, entrevistamos Mirela Pizani, atriz e Youtuber. Mirela, hoje, tem um canal voltado para games com mais de 66 milhões de visualizações ao todo. Seu canal, carinhosamente chamado de “Canalzinho”, conta com 918 mil inscritos e a tendência é que chegue a 1 milhão nos próximos meses.

A ideia é trazer à tona a importância dos anúncios para o crescimento do YouTube pelo ponto de vista de uma criadora de conteúdo na plataforma. Se interessou pelo conteúdo? Então não perca a oportunidade e aproveite o artigo. Confira!

Mirela e o YouTube

Antes mesmo de compreender todo o cenário do YouTube no Brasil, é importante que a gente entenda como a Mirela chegou ao YouTube. É claro que cada um tem sua trajetória, mas entender a história da Mirela é essencial para compreendermos seu ponto de vista com relação ao tema que estamos abordando.

Mirela destaca que seu primeiro contato para criação na plataforma foi em 2017, quando foi convidada para fazer uma websérie exclusiva no YouTube. Com essa nova experiência totalmente diferente das demais plataformas que atuou (TV, teatro e cinema), Mirela começou a cogitar, de fato, mais projetos no YouTube.

“A experiência foi incrível e comecei a cogitar outros projetos envolvendo o Youtube, mas ainda dentro da dramaturgia”, explicou.

Agência de Gestão de Mídias Sociais

No entanto, ela ainda não estava cogitando criar seu próprio canal, apenas participar de projetos que envolviam a plataforma. Tudo mudou quando conheceu seu atual namorado, Bruno Correa. Bruno é um YouTuber das antigas e, hoje, conta com mais de 7 milhões de inscritos e cerca de 704 milhões de visualizações.

“Ele tinha um canal, na época com 3 milhões de inscritos, e começamos a trabalhar juntos no canal dele. No início eu cuidava das coisas por de trás das câmeras, até que começamos a gravar vídeos juntos e a recepção do público foi ótima”.

Após bastante insistência por parte do seu namorado, Mirela ainda tinha muitas dúvidas em relação ao conteúdo e se conseguiria dar conta de seguir com a própria carreira e ao mesmo tempo me dedicar a um outro canal. Depois de muitos pedidos, no dia 1° de Janeiro de 2019, seu canal nasceu.

As principais dificuldades para criadores de conteúdo

Mirela aponta que existem inúmeros fatores que influenciam o trabalho dos criadores e que as dificuldades podem variar de acordo com cada um, mas que todos passam por essas dificuldades.

Segundo ela, muita gente tem vergonha ou timidez para lidar com a câmera, outros não conseguem manter uma frequência de postagens, alguns não sabem o que exatamente abordar em relação ao conteúdo. No seu caso, o principal motivo de sua insegurança foi com relação à abordagem do conteúdo.

“Eu aceitei que teria um canal, mas não sabia o que explorar nele e nem qual formato. Fiquei muito tempo estudando e tentando achar a melhor direção. Mais tarde entendi que não adianta se fechar em um único caminho e, talvez o mais importante seja se reinventar e trazer sempre novos conteúdos”, declarou Mirela.

Entrevista com Mirela Pizani: o cenário do YouTube no Brasil

Créditos: Nathalia Bordallo

O cenário do YouTube no Brasil e no mundo

Hoje, é indiscutível que o YouTube é uma das maiores plataformas mundiais de entretenimento, os números falam por si e podem comprovar a afirmação. Hoje, a plataforma atinge cerca de 90 países e suporta até 80 idiomas diferentes. Além disso, dados de julho de 2018 apontam que a plataforma conta com cerca de 1,9 bilhões de usuários ativos mensais, número que tende a ser maior com a pandemia.

Talvez, um dos maiores segredos da plataforma é poder contar com conteúdos de inúmeros segmentos, destinados a variados nichos e com ótima qualidade. Mirela, inclusive, aponta essa variedade como algo essencial no YouTube. Ela destaca que no YouTube você encontra de tudo, tem pra todos os gostos e nichos de uma forma super acessível.

“O potencial é muito grande, mas para se manter é preciso constantemente se reinventar, se não corre o risco de perder cada vez mais espaço para as novas plataformas, principalmente as de vídeos curtos, com entretenimento rápido”, afirma Mirela sobre o potencial do YouTube.

YouTube da Mirela Pizani

Fonte: YouTube/ Mirela Pizani

É necessário, ainda, que a gente torne público outros dados importantes relacionados ao YouTube. A plataforma, hoje, está na segunda colocação dos sites mais acessados do mundo, perdendo apenas para o Google. Dessa maneira, especialistas acreditam que seu mecanismo de pesquisa e SEO é, atualmente, tão relevante quanto ao do Google.

A plataforma ainda conta com números impressionantes com relação ao consumo de conteúdos diários. Isso porque, mais de 1 bilhão de horas de conteúdo são consumidas diariamente por usuários do Youtube, o que exemplifica, exatamente, a importância de ter uma marca sendo exposta pelo site.

O grande diferencial do YouTube é a democratização com relação a criação de conteúdo no mundo. Graças a plataforma, todos podem ter voz e criar conteúdos da maneira que achar melhor. Basta ter um telefone, acesso a internet e querer se expor. Com a chegada dos investimentos, foi permitida a profissionalização desses criadores, o que resulta em conteúdos mais bem montados e elaborados.

“Hoje, apenas com um celular, qualquer um que queira produzir conteúdo tem a possibilidade de criar um canal, se expor, e construir seu próprio público. Os investimentos permitem cada vez mais a profissionalização desses criadores, melhorando a experiência de quem consome e fidelizando a audiência” afirmou Mirela.

Youtube é um bom investimento para anunciantes?

Bem, já falamos sobre o YouTube do ponto de vista de uma criadora de conteúdo, apresentamos dados que reforçam a importância da plataforma e como ela pôde se tornar a potência que é graças às suas particularidades e características próprias. No entanto, como é o YouTube se pensarmos de acordo com os interesses dos anunciantes? É um bom investimento?

Como alguém que entende sobre a plataforma, Mirela Pizani acredita que possa ser o investimento certeiro, já que dentro da plataforma a empresa escolhe exatamente o nicho que quer atingir e “falar diretamente com o público alvo do seu produto é a melhor maneira de vender, né?

Agência de Gestão de Mídias Sociais

É importante lembrarmos que os anúncios não são a única forma de investir no YouTube como empresa que busca visibilidade e ganho de credibilidade. Existem as famosas parcerias que podem ser feitas com os YouTubers em conteúdos patrocinados, entrega de kits ou review de algum produto, por exemplo.

Para Mirela, essa é a oportunidade para a empresa mostrar seu produto ou serviço ao público-alvo. Para o criador, é a oportunidade de investir no canal, seja entregando mais conteúdo, ou melhorando a infraestrutura.

“A fase gamer do canal trouxe ótimos parceiros, como a Ubisoft com o lançamento do Just Dance 2021, e a Gigabyte com a linha Aorus”, destacou a criadora de conteúdo, mostrando um pouco de suas parcerias feitas ao longo do canal.

Exemplo de parceria digital

Fonte: Instagram/@mirelapizani

Tendo em vista as parcerias que Mirela fez desde que criou seu canal, podemos notar um destaque maior para conteúdos gamers. O consumo deste tipo de conteúdo sempre foi um dos maiores do YouTube, mas cresceu ainda mais com a pandemia.

Dessa maneira, percebemos que existe uma maior participação de empresas de tecnologia focadas na área, e que as empresas de outros segmentos ainda não se atentaram totalmente para as possibilidades de visualizações com o YouTube ou não souberam se adequar para marcar presença na plataforma.

“Virou (games), talvez, a principal forma de entretenimento dos jovens e, apesar da plataforma ter vários concorrentes fortes, como a Twitch, por exemplo, o nicho gamer ainda se mantem como carrro chefe do youtube, somando as lives e os vídeos on demand. É muito mais fácil criar conteúdos relacionados a games do que qualquer outro nicho no Youtube”, acredita Mirela.

Mirela Pizani em entrevista especial

Créditos: Nathalia Bordallo

Mesmo assim, diversos outros conteúdos interessantes da plataforma acabam ficando sem parcerias e investimento, simplesmente porque as empresas relacionadas ao nicho não estão atentas com as possibilidades da plataforma ou com as novidades do mercado digital. Mirela dá o exemplo bem próximo do seu segmento, a dramaturgia no YouTube.

Para ela, as marcas ainda não olharam com a devida atenção para conteúdos de dramaturgia dentro da plataforma. Mirela acredita que, no Brasil, as pessoas ainda têm dificuldade de enxergar o Youtube como um espaço profissional para produção de filmes e séries, e nem imaginam o alcance que um conteúdo desses poderia ter.

“Falando especificamente do meu canal, hoje não é muito difícil ter um vídeo ou uma live com algum tipo de parceria, mas quando eu chego nessas mesmas empresas propondo uma série ficcional, por exemplo, a recepção é bem diferente e a conversa não avança”.

Pensando exatamente em ampliar o leque da dramaturgia nacional no YouTube, Mirela estreou ontem, no dia 8 de Junho, um novo projeto de dramaturgia no YouTube, o “Game Over”. Sua temporada piloto, por exemplo, foi gravada com investimento próprio da criadora.

Websérie "Game Over"

Fonte: Instagram/@mirelapizani

Isso reforça a importância de todas as marcas ficarem atentas ao mercado digital. O YouTube tem uma incrível variedade de conteúdos para todos os segmentos e a sua importância na área de entretenimento o torna uma das principais plataformas para investimento em anúncios e parcerias.

Marcas de diversos segmentos precisam entender o mercado, se reinventar e, com isso, abrir o leque de oportunidades para crescimento digital. Essa união de plataforma aberta, criadores e anúncios é super benéfico para todos. A plataforma ganha novos criadores e usuários, os criadores conseguem se profissionalizar a alcançar ainda mais pessoas e as marcas ganham uma visibilidade incrível.

Para complementar, Mirela Pizani ainda explica que, diferente dos anúncios da TV, por exemplo, no Youtube as marcas dialogam diretamente com seu público alvo, o que pode ser um trunfo para essas empresas firmarem a imagem.

Agência de Gestão de Mídias Sociais

“E ainda no caso de um insert dentro do próprio vídeo, a divulgação continua reverberando por muito tempo, já que dificilmente o vídeo será apagado (o conteúdo permanece gerando adsense pro criador e, para o público, o anunciante se mantém lembrado)”, concluiu Mirela.

Se você pretende começar a investir nessa plataforma, mas não sabe ao certo como se tornar assertivo e ampliar seu alcance, conte com a ajuda especializada de uma agência de marketing e gestão de redes sociais, como a Agência IMMA. Quer saber mais sobre nossos serviços? Entre em contato conosco e faça seu orçamento.

Veja também