Entenda qual é a diferença entre conteúdo perene e noticioso

Pai da Júlia e do Pedro. Especialista em Marketing Digital, com MBA em e-Business pela FGV. Formado em Administração de Empresas pelo IBMEC. Empreteco.
18/11/2020
Marketing de Conteúdo | Marketing Digital

Você sabe a diferença entre conteúdo perene e noticioso? Se você é um empresário que quer promover a sua marca na internet, apostar no marketing de conteúdo é uma ótima ideia. Mas, para fazer isso, é preciso conhecer bem essa estratégia. Isso significa saber que existem diferentes tipos de conteúdo, que podem ser usados para iniciativas diferentes.

Neste artigo, então, vamos ajudar você a entender qual é a diferença entre dois dos principais tipos de marketing de conteúdo: Conteúdo perene e conteúdo noticioso. Continue com a leitura para saber o que esses termos significam!

Conteúdo perene para usar na sua estratégia de marketing digital

Entenda qual é a diferença entre conteúdo perene e noticioso

O marketing de conteúdo é uma estratégia de Inbound Marketing na qual uma empresa produz conteúdo gratuito e relevante para atrair a atenção dos usuários. Assim, sempre que uma marca cria um blog, por exemplo, ou posta informações interessantes em suas redes sociais, ela está fazendo marketing de conteúdo.

Mas nem todos os conteúdos são iguais. E uma das principais formas de avaliar um conteúdo é entender qual é a sua longevidade. Em outras palavras, é necessário entender qual é a sua “expectativa de vida”.

Isso porque alguns conteúdos se mantêm relevantes por mais tempo do que outros. Por exemplo: Se você vai escrever um artigo sobre design gráfico, optar por um tema como a origem do design gráfico faz com que você crie um artigo de relevância a longo prazo.

Afinal, a origem do design gráfico é algo que não muda, o que significa que, mesmo que uma pessoa pesquisa pelo assunto daqui há três anos, ela provavelmente ainda vai encontrar utilidade no seu conteúdo.

O que é conteúdo evergreen

Esse é o tipo de conteúdo que chamamos de conteúdo perene ou conteúdo evergreen (em português, “sempre verde”). Conteúdos perenes têm relevâncias de longo prazo, se mantendo pertinentes mesmo muito tempo depois que foram criados. Por essa razão, podem ser considerados atemporais.

Eles são ótimos para quem deseja criar um planejamento de comunicação e criação de conteúdo. Isso porque, é possível prever e escolher qual dia postar cada artigo a respeito de determinado assunto, diferentemente do conteúdo noticioso.

Outro fator importante neste planejamento são as datas comemorativas, que nunca mudam, o que abre espaço para que um conteúdo sobre elas seja escrito com calma e tempo de apuração. Por exemplo, no dia 5 de novembro foi comemorado o dia do designer gráfico. Sabendo disso, uma empresa pode se preparar e deixar todo o material pronto para este dia.

Dicas para criar conteúdos que vendem

Além disso, o conteúdo perene, por ser mais direcionado e mais específico, tende a dar um maior ganho de relevância para o seu site. Normalmente, os conteúdos perene são bem direcionados e têm o objetivo de se comunicar com os clientes mais fiéis da marca.

Por conta disso, tendem a ser muito bem produzidos e ricos em informação e apuração. Dessa forma, a empresa ganha muito mais relevância no segmento de atuação e pode vir a se tornar uma espécie de referência no assunto.

O conteúdo noticioso

Mas e o conteúdo noticioso? Como o próprio nome já diz, ele é o oposto do conteúdo perene, cobrindo assuntos muito momentâneos, como notícias. Ele normalmente tem a função de reportar um evento ou acontecimento específico, o que limita a sua relevância para o momento em que é criado.

Por exemplo: Um artigo sobre as tendências de design gráfico para 2021 é um tema focado em uma época específica, o que significa que provavelmente não será muito relevante daqui a dois ou três anos.

No entanto, a chave para o entendimento do marketing de conteúdo como um todo é que não há necessidade de optar por produzir apenas um ou outro tipo de conteúdo. O ideal, na verdade, é produzir tanto conteúdo perene como conteúdo noticioso, já que eles servem a funções diferentes.

Ter um fluxo constante de criação de conteúdo

Fonte: Freepik

O conteúdo perene, por exemplo, é muito útil para estabelecer autoridade para a sua marca. Afinal, se, ao pesquisar no Google algo básico sobre uma área, o usuário encontra a sua página, a imagem dele da sua empresa é influenciada de forma positiva.

Já o conteúdo noticioso, por sua vez, por tratar de tópicos muito ligados ao presente, consegue trazer grandes níveis de tráfego a curto prazo para o seu site. Procure, então, buscar o equilíbrio, tirando vantagem de ambas as ferramentas.

Outro cuidado que deve ser tomado é com relação ao tempo disponível para a produção do conteúdo noticioso. Como este é um material que depende amplamente da informação e deve ser postado o quanto antes (com o risco de perder a relevância), a corrida pelo compartilhamento do conteúdo pode gerar um material pobre em apuração e com muitos erros de português, o que acaba com a credibilidade de uma empresa.

Dicas básicas de marketing de conteúdo

Fonte: Freepik

O que se aprende na faculdade de jornalismo, por exemplo, é que a relevância do portal não depende do quão rápido eles noticiam um acontecimento, mas sim do quão rico é seu conteúdo e do quão boa é a apuração. Por isso, correr contra o tempo não te dará credibilidade, mas sim fazer uma apuração completa e buscar escrever os fatos de maneira assertiva e objetiva.

Este cuidado é importante porque temas noticiosos chamam bastante a atenção dos internautas. Por isso, são uma ótima oportunidade para atrair leads em potencial e fazer com que eles se tornem consumidores da sua marca. Dessa forma, é fundamental apresentar um conteúdo bem escrito e harmonioso, a fim de mostrar para esse lead que seu portal, sua marca, é relevante e produz conteúdos de qualidade na internet.

Agência de Gestão de Marketing de Conteúdo

Faça marketing de conteúdo com ajuda especializada

Agora que você já sabe qual é a diferença entre conteúdo perene e conteúdo noticioso, é melhor pensar em como garantir a produção de conteúdo de qualidade para a sua empresa. E, para fazer isso, uma boa opção é contar com uma agência de marketing digital, como, por exemplo, a Agência IMMA.

E aí, quer saber mais? Então não perca tempo: Entre em contato com a IMMA e faça já um orçamento para a sua marca!

Veja também