Agências digitais precisam se preparar para essas 5 tendências de 2018

O mundo do marketing digital está em constante evolução e nem sempre os profissionais ou agências se encontram preparados para lidar com elas. Mas as agências digitais precisam se preparar para essas 5 tendências de 2018.

Marketing na internet

Fonte: Freepik.

A medida que as mídias sociais se tornaram um dos principais meios de comunicação, os consumidores passaram a exigir que o marketing se tornasse cada vez mais pessoal. Ao mesmo tempo, as novas tecnologias de automação oferecem aos profissionais de marketing digital a capacidade de facilitar algumas tarefas do dia a dia e agilizar suas interações.

Sem dúvida, o marketing digital continuará a avançar em direção a estes dois polos em 2018, tendo de um lado, a comunicação hiper pessoal e, de outro, o aumento da confiança nos processos de automação.

Veja aqui o podemos esperar do mundo do marketing digital com as tendências de 2018 e como as agências digitais podem se preparar:

Consumidores estão reagindo mais a momentos autênticos do que ao conteúdo perfeitamente projetado: claro, a estética de uma foto elegante e profissional não perdeu seu atrativo, porém imagens genéricas não ajudam as marcas a mostrar sua autenticidade. Como resultado, os consumidores buscam por momentos mais autênticos das marcas em outras plataformas, como Instagram Stories e Snapchat.

Agências digitais precisam se preparar para essas 5 tendências de 2018

Fonte: Freepik.

Os consumidores estão procurando por informações honestas sobre como as marcas operam e querem se conectar a um nível pessoal com aquelas das quais mais gostam. Marcas que compartilham fotos e vídeos que não sofreram uma grande edição podem esperar receber mais curtidas, compartilhamentos e cliques em seu conteúdo.

O storytelling é mais importante do que nunca: a importância do marketing de conteúdo é algo que todos sabemos, mas já se foram os dias em que uma marca poderia ter só uma pessoa focada nisso. A medida que a concorrência pela atenção online fica mais feroz, muitas agências estão se voltando para o storytelling e profissionais que conheçam a técnica para escrever seus principais materiais.

Com os meios de comunicação tradicionais em declínio, contratar jornalistas também se tornou algo menos importante. As agências têm se beneficiado muito com a contratação de escritores com origens em relatórios e narrativas. Por isso, é importante que todos comecem a se adaptar a este novo momento do marketing digital.

Veja também  8 dicas simples para criar ótimos infográficos

Tendências de 2018

Fonte: Freepik.

A demanda por conteúdo envolvente de alta qualidade está crescendo anualmente e espera-se que essa seja uma tendência de 2018. Os leitores querem obter algo único das marcas que seguem e, para vencer essa competição, as agências terão que intensificar suas estratégias, o que provavelmente significa atrair mais talentos menos tradicionais para a produção de conteúdo.

A automação veio para ficar: em meados de 2018, as máquinas podem chegar a gerar até 20% do conteúdo comercial para redes sociais. O Facebook vem usando a inteligência artificial há anos no seu software de reconhecimento facial, mas veremos que a tecnologia ultrapassar isso com as tendências de 2018.

O desenvolvimento mais importante em inteligência artificial para as agências provavelmente será o uso generalizado de bots de bate-papo para fornecer um atendimento ao cliente ainda mais rápido. Os chatbots podem ajudar a automatizar processos, reduzindo a carga de trabalho das equipes e permitindo que os profissionais de marketing dediquem mais tempo a projetos criativos.

Tecnologia no marketing

Fonte: Freepik.

Mesmo as principais marcas já estão usando bots para automatizar seu conteúdo. O New York Times admitiu recentemente que usar bots para ajudar a coordenar posts em suas várias páginas. Esses bots têm feito um ótimo trabalho ao prever o que irá gerar engajamento, então espere ver que eles causando um grande impacto no marketing em 2018.

Relações significativas com influenciadores: o marketing com influenciadores é quase onipresente agora. Mas com os consumidores mais focados na reputação das marcas do que nunca, é ainda mais importante que os profissionais de marketing trabalhem com influenciadores apropriados para seus negócios.

Os consumidores não estão interessados em ver uma celebridade aleatória promover um produto; eles querem ver líderes reais falando sobre um produto ou serviço para lhe dar valor social. Novas plataformas de influenciadores estão brotando todos os dias e podem ajudar a cuidar de muitas tarefas que consomem tempo, incluindo encontrar influenciadores relevantes, gerenciar relacionamentos e medir o sucesso.

Marketing na internet

Fonte: Freepik.

Manter relacionamentos estreitos com influenciadores da indústria será crucial para os profissionais de marketing manterem a atenção de seus seguidores em 2018. Gaste tempo pesquisando em quem seu público confia e segue antes de começar a construir um relacionamento com um influenciador.

Veja também  Mobile Marketing: como estar em todos os lugares para todos

A concorrência para visualizações de vídeo aumentará: o vídeo já é o tipo de mídia mais consumido nas redes sociais e essa continua a ser uma das tendências de 2018. Na verdade, a previsão é que até 2020, 80% do conteúdo online será em vídeo.

O vídeo não irá embora em breve e certamente se tornou uma área muito competitiva. Para fazer vídeos atraentes que mantenham a atenção dos seguidores, é preciso se concentrar nos primeiros três segundos, já que é esse o tempo você tem até que o espectador perca o interesse.

Agência digital

Fonte: Freepik.

Otimizar o conteúdo de vídeo para visualização com som ativado ou desativado também será importante, uma vez que a maioria das redes sociais automaticamente mantêm os vídeos em silêncio, a menos que você clique neles. A experiência deve ser boa para todos os espectadores, quer eles estejam ouvindo ou não.

Finalmente, certifique-se de considerar os motivos para fazer um vídeo em primeiro lugar. O vídeo é um meio para um fim, não um fim em si mesmo. Sua audiência quer saber como seu conteúdo de vídeo pode ajudá-los a resolver seus próprios problemas. Se eles não verem nenhum valor nisso, eles vão ignorar seus vídeos.

Agora que você já conhece algumas das tendências de 2018, saiba que as agências digitais devem estar preparadas para dar a todos os conteúdos um toque pessoal e autêntico, além de adotar uma abordagem mais prática nas mídias sociais, automatizando as tarefas mais simples. As equipes de marketing que encontrarem o equilíbrio entre os desejos dos usuários e o uso adequado das tecnologias provavelmente alcançarão o sucesso em 2018.

Veja também

Marketing digital para pequenas empresas

Marketing digital para pequenas empresas

By | Marketing Digital

Quando falamos de um pequeno negócio, muitas dificuldades podem surgir Entretanto, mesmo com todos os obstáculos que podem aparecer, é possível que um micro empreendimento seja muito bem-sucedido. É aí que entra o marketing digital para pequenas empresas, pois é ele quem vai ajudar a alcançar esse êxito.

Read More
5 dicas para criar as melhores chamadas para ação

5 dicas para criar as melhores chamadas para ação

By | Gestão de Sites, Marketing Digital

Quando as pessoas chegam ao seu site, você quer que elas façam alguma coisa. Inscrever-se para sua lista de discussão, compartilhar seu conteúdo, comprar um produto ou algo que lhe ajude a cumprir seus objetivos. Mas como fazer com que as pessoas cumpram essa ação específica?

Read More
Rodrigo Darzi

Sobre Rodrigo Darzi

Pai de 2 filhos. Especialista em Marketing Digital. MBA em e-Business pela FGV. Formado em Administração de Empresas pelo IBMEC. Empreteco.