7 técnicas de marketing de conteúdo que vão impulsionar o engajamento da audiência

Engajamento é ouro. Quando seus clientes comentam, curtem ou compartilham seu conteúdo, eles estão dizendo que sua marca está sendo valorizada. Porém, ganhar a atenção dos usuários não é tão fácil. É preciso criatividade, consistência e um esforço de toda a equipe de marketing. Veja então 7 técnicas de marketing de conteúdo que vão impulsionar o engajamento da audiência:

7 técnicas de marketing de conteúdo que vão impulsionar o engajamento da audiência

Fonte: Pixabay.

Confira algumas técnicas de marketing de conteúdo separadas pela Agência IMMA:

1. Conheça o seu público-alvo desenvolvendo personas de compra: uma persona é uma representação fictícia baseada em pesquisas do cliente com quem você está tentando se envolver. Com uma persona de compra cuidadosamente criada, você pode visualizar seu público ideal e se relacionar com ele de forma mais humana.

Elementos importantes para criar personas de compra incluem dados como:

  • Onde a pessoa vive;
  • A sua idade e sexo;
  • Nível de instrução, cargo e renda;
  • Interesses;
  • Status de relacionamento;
  • Motivações de compra.

Fica muito mais difícil se envolver com pessoas que você não conhece. Por isso, se você não gastou algum tempo desenvolvendo personas de compra eficientes, este é o momento de começar.

Criação de conteúdo

Fonte: Freepik.

2. Mostre preocupação genuína com seu público: uma vez que você começa a realmente conhecer o seu público através de personas, é hora de se perguntar se você está se preocupando com ele. Isso é importante porque é preciso ter empatia com o público-alvo ao criar conteúdos com os quais você deseja que eles se envolvam.

Quando você e sua equipe estiverem criando material para postar na internet, não comece perguntando como gerar engajamento para marca. Uma das técnicas de marketing de conteúdo é utilizar perguntas centradas no cliente, tais como:

  • Quais os problemas que o nosso conteúdo pode resolver para o nosso público?
  • O que ajudará nosso público dar mais valor aos nossos produtos ou serviços?
  • O que podemos produzir que ajudará a rotina do nosso leitor?
  • Se eu recebesse este conteúdo online, eu o acharia interessante o suficiente para lê-lo?
  • Eu gastaria tempo comentando sobre isso? Eu compartilharia no Facebook ou Twitter?

Abordar a criação de conteúdo levando em conta seu público-alvo em primeiro lugar e sua marca em segundo pode ser uma estratégia de sucesso. Afinal, se você realmente demonstra preocupação com seus clientes, eles também vão se preocupar mais com sua marca.

Criação de conteúdo

Fonte: Freepik.

3. Realmente segurar a atenção do usuário: na indústria de marketing, praticamente todo mundo fala sobre a importância de “chamar a atenção”. Mas quantos profissionais de marketing realmente estão empenhados em chamar a valiosa atenção das pessoas?

Contar uma história ou utilizar técnicas que apelam para os sentimentos das pessoas são formas de segurar a atenção do usuário por mais tempo, pois geram envolvimento afetivo. Hoje em dia, com o acesso à internet tão facilitado, as pessoas estão acostumadas a ver todo tipo de coisa e quem não consegue um diferencial acaba se tornando só mais um no universo infinito de informações da rede.

Por outro lado, a internet também ensina que mesmo os produtos mais banais podem acabar caindo no gosto popular quando se cria algo que leve a um envolvimento dramático, pois isso é o que chama a atenção do público.

4. Gaste tanto tempo nos títulos quanto na criação de conteúdo: os títulos são muito importantes, seja o título de um vídeo, o assunto de um e-mail ou mesmo a manchete de um artigo. Os títulos são a ferramenta mais eficaz para levar as pessoas a parar o que estão fazendo e prestar atenção ao seu conteúdo.

Marketing de conteúdo

Fonte: Freepik.

A menos que você consiga captar a atenção do leitor através de manchetes que se destaquem no mar de informações que estão na internet, seu site (ou página social) pode acabar se transformando numa verdadeira cidade fantasma.

Existem inúmeras formas de escrever títulos atraentes, mas o ideal é levar em conta seu público-alvo para escrever o tipo de texto que funcione melhor para gerar engajamento. Você pode fazer as pessoas rirem com um título engraçado, impressionar sua audiência com uma estatística surpreendente ou até gerar algum senso de urgência.

Além disso, teste suas manchetes. Muitos editores estão realizando testes usando diferentes títulos para um mesmo artigo. Assim é possível encontrar as melhores manchetes para um determinado conteúdo e partir dele para criar títulos igualmente atrativos para outros artigos.

5. Monitore e responda rapidamente ao engajamento: o envolvimento tem de ser uma via de mão dupla. Se você não monitora suas seções de comentários pode dar a entender que não está interessado na opinião do seu público. É claro que isso exige algum tempo e esforço, mas é vital se você quer que sua marca se torne mais amigável, promovendo o crescimento da comunidade.

Marketing na internet

Fonte: Freepik.

Marcas que praticam boas estratégias de engajamento desfrutam de maior crescimento e fidelização do que aquelas que não se envolvem. Quando você responde a dúvida de um cliente ou dá alguma informação adicional valiosa, está mostrando que seu negócio está preocupado em atender bem as necessidades dessas pessoas. Vale lembrar que seu engajamento pode ajudar a aumentar a fidelização.

Apenas lembre-se de responder as interações o mais rapidamente possível. A oportunidade de gerar um relacionamento com o cliente esfria depois de um dia ou dois dias que o comentário foi postado. Seu público pode perceber o engajamento atrasado como uma falta de atenção ou má vontade em responder.

6. Considere criar conteúdo em novas plataformas: às vezes, o ar fresco de uma nova plataforma pode melhorar o engajamento em relação ao seu conteúdo. Os usuários do Snapchat, por exemplo, estão atualmente mais envolvidos do que quaisquer outros usuários de outras plataformas de mídia social.

Se você quiser envolver seu público, você precisa estar onde ele está. Não sinta que seu conteúdo tem de ser limitado ao Facebook, Twitter, YouTube e Instagram. Mantenha-se atento a qualquer novo canal que possa atrair essas pessoas. Aplicativos para transmissões ao vivo, por exemplo, estão ajudando as marcas a envolver sua audiência com uma abordagem em tempo real.

Marketing na internet

Fonte: Freepik.

A coisa mais importante a lembrar é que não importa qual plataforma você escolher, criar conteúdo específico para cada plataforma é fundamental. Simplesmente replicar a mesma coisa em diferentes plataformas pode deixar os usuários entediados e dar a sensação de que você é preguiçoso.

7. Foco na qualidade: atualmente, há uma extrema necessidade de esquecer as métricas de vaidade e se focar naquilo que realmente pode fazer uma empresa crescer. Entregar conteúdo de qualidade e digno da atenção dos clientes é uma dessas coisas.

Toda vez que você criar uma peça pergunte a si mesmo se isso valeu o seu tempo e se vale o tempo dos seus clientes. Será que a qualidade está mesmo boa a ponto desses clientes pararem o que estão fazendo para dar atenção aos seus materiais? Se você recebesse esse material, ele seria interessante para você? Num mundo tão competitivo, é muito importante sair na frente garantindo a distribuição de materiais de qualidade.

Engajamento da audiência

Fonte: Freepik.

Agora que você conhece algumas técnicas de marketing de conteúdo, comece a colocá-las em prática para aumentar o engajamento da sua audiência. E se precisar de ajuda, conte com a equipe da Agência IMMA.

Veja também

Conteúdo duplicado: saiba o que é

Conteúdo duplicado: saiba o que é

By | Marketing de Conteúdo

No mundo do SEO, sempre nos dizem para evitar conteúdo duplicado porque isso tende a gerar resultados indesejados. Mas por quê? Como isso afeta o SEO e o ranqueamento do site? Você sabia que até mesmo blocos de conteúdo semelhantes podem ser considerados conteúdos duplicados pelos mecanismos de busca? Leia o artigo e saiba mais.

Read More
Rodrigo Darzi

Sobre Rodrigo Darzi

Pai de 2 filhos. Especialista em Marketing Digital. MBA em e-Business pela FGV. Formado em Administração de Empresas pelo IBMEC. Empreteco.