4 táticas de marketing em mídia social para evitar

As pessoas sempre descobrem formas para tentar burlar o sistema. No caso do marketing digital, isso não é diferente: há um monte de gente tentando explorar cada lacuna e desenvolvendo truques para fazer você clicar e aumentar suas métricas. Porém, a longo prazo, isso faz mais mal do que bem. Conheça 4 táticas de marketing em mídia social para evitar.

Marketing digital

Fonte: Freepik.

O Google vem combatendo black hats há anos e o Facebook teve que mudar o algoritmo do feed de notícias para reduzir o alcance de spam e lixo. Mas, ainda assim, as pessoas continuam descobrindo formas de burlar o sistema. E nem podemos culpá-las, pois, em muitos casos, cliques significam dinheiro, então faz sentido que se tente de tudo para chamar atenção.

O problema é que, com o passar do tempo, essas táticas passam a dar errado, levando as plataformas sociais a penalizar a página, diminuindo seu alcance e até banindo-a completamente.

Plano de gestão de mídias sociais

Por isso, veja 4 táticas de marketing em mídia social para evitar:

1. Vídeo estático: o conteúdo em vídeo gera respostas melhores do que qualquer outro tipo no Facebook e está crescendo em todas as plataformas sociais. Isso tem levado muitas marcas e empresas a considerar seu uso como parte da estratégia de marketing digital nas redes sociais. Mas algumas pessoas já desenvolveram um truque para o Facebook, obtendo as vantagens do alcance do vídeo sem realmente ter um conteúdo deste tipo.

Mídias sociais

Fonte: Freepik.

O que algumas páginas fazem é que publicar uma imagem estática com alguns elementos básicos de vídeo sobrepostos. Isso aumenta o alcance da publicação, pois o Facebook identifica o post como vídeo, mesmo que não seja um de fato. Parece bastante inteligente, certo?

Mas é por esse (e alguns outros motivos) que o Facebook já anunciou que abusar do uso de vídeos será uma prática reprimida e é sobre esse tipo de conteúdo que as primeiras penalidades caíram. Mesmo que você tenha achado interessante essa tática, saiba que muito em breve a plataforma vai encontrar formas de puni-la, e isso pode ser um grande problema para sua empresa.

2. Falsos vídeos ao vivo: e falando sobre o foco que o Facebook pretende jogar sobre os vídeos, vale ressaltar que tudo começou devido a páginas que começaram a publicar vídeos ao vivo com imagens estáticas. Geralmente, o que ocorre é uma pesquisa de reações ao vivo, mas com conteúdos pré-gravados.

Marketing no Facebook

Fonte: Freepik.

Parte do problema com esse tipo de publicação é que eles provaram ser realmente populares (na verdade, cinco dos dez melhores fluxos de lives no Facebook em 2016 foram desse tipo de postagem). Mas, apesar da popularidade, o Facebook tem demonstrado descontentamento com a prática, pois a ferramenta foi desenvolvida pensando na transmissão de vídeos ao vivo de verdade.

Sendo assim, a plataforma lançou um algoritmo de feed de notícias que detecta e restringe automaticamente o alcance de imagens estáticas postadas como conteúdo de vídeo. Então, provavelmente não é uma boa ideia colocar em prática essa ideia, ainda que ela atraia o público. O Facebook tem, inclusive, removido esses posts assim que eles são publicados.

A medida que o Facebook continua a aumentar sua ênfase nos vídeos, certamente podemos esperar novas medidas contra qualquer tipo de violação que eles detectem estar acontecendo com frequência na plataforma.

4 táticas de marketing em mídia social para evitar

Fonte: Freepik.

 

3. Estranhamento: esta é uma tática bem interessante. O anunciante coloca algo incômodo sobre a imagem, gerando estranhamento e fazendo até com que pensemos que a tela do celular está suja. E quando passamos a mão sobre a imagem, acabamos clicando nela ou até deslizando para a próxima etapa do anúncio.

Mas, ainda que essa seja uma estratégia interessante, pode acabar chamando atenção de uma forma negativa. É possível que essa seja mais uma das táticas de marketing em mídia social para evitar que possa melhorar suas métricas no início, mas é provável que ela deixe o usuário mais irritado do que realmente propenso a se interessar por sua empresa ou comprar um produto.

Não há nenhum benefício real em usar este truque, a menos que sua campanha de publicidade social esteja sendo medida apenas em cliques (o que, provavelmente, também é um erro grave).

 

Marketing em vídeo

Fonte: Freepik.

4. Nomeação enganosa: essa é uma prática popular no YouTube. O dono do vídeo coloca nele um nome enganoso, geralmente números, fazendo com que o usuário acredite que o vídeo foi visto milhares de vezes mais do que a realidade. À primeira vista, você provavelmente pensará que o vídeo é muito popular, o que é perfeito para levar os usuários a clicarem nele.

Você pode até pensar que, a longo prazo, essa é uma tática de marketing em mídia social que não vai funcionar sempre. Afinal, quantas vezes a mesma pessoa cai nesse truque? Porém, como existem milhares de pessoas chegando a internet todo dia, isso acaba dando certo por um longo tempo. Mas vale lembrar que essa “brincadeira” também leva a um alto número de denúncias do vídeo, o que nunca é bom. Por isso, essa é mais uma das táticas de marketing em mídia social para evitar.

Nenhuma dessas táticas de marketing em mídia social para evitar é recomendada pois todas estão sujeitas, sem dúvida, a alguma forma de punição das plataformas sociais. É claro que elas são interessantes para percebermos como as pessoas estão encontrando formas de burlar os sistemas, mas o problema é que, em algum momento, os impactos negativos aparecem e podem ser bem radicais.

Veja também

Características de um relatório de mídias sociais

Entenda a importância do relatório de mídias sociais

By | Gestão de Mídias Sociais

Todo mundo que trabalha com redes sociais tem conhecimento de que os números são essenciais para qualquer estratégia. Isso porque é através das métricas que é possível compreender a eficiência de suas ações. A melhor forma de juntá-las e apresentá-las é desenvolvendo um relatório de mídias sociais. Confira o artigo e saiba mais.

Read More
Rodrigo Darzi

Sobre Rodrigo Darzi

Pai de 2 filhos. Especialista em Marketing Digital. MBA em e-Business pela FGV. Formado em Administração de Empresas pelo IBMEC. Empreteco.