6 razões para considerar o podcast como um canal de marketing de conteúdo

Publicar podcasts tem inúmeros benefícios; no entanto, produzi-los exige esforço e comprometimento. É preciso mais do que simplesmente clicar em gravar em seu smartphone e depois carregar o conteúdo on-line. Mesmo assim, veja 6 razões para considerar o podcast como um canal de marketing de conteúdo.

6 razões para considerar o podcast como um canal de marketing de conteúdo

Fonte: Freepik.

De acordo com um recente relatório da Edison Research, cerca de 98 milhões de cidadãos norte-americanos estão ouvindo podcasts anualmente e 50 milhões dessas pessoas gostam de ouvi-los mensalmente. E parece que essa é uma tendência que já chegou ao Brasil, tendo em vista a quantidade de pessoas que já estão colocando podcasts nacionais no ar.

Para as empresas, o podcast pode ser uma oportunidade convincente de interagir com sua clientela, tornar-se visível entre seus concorrentes e se transformar em um líder da indústria.

Por isso, confira mais 6 razões para considerar o podcast como um canal de marketing de conteúdo:

1. Apresentar a marca de forma sutil: o excesso se exposição de uma marca pode acabar com ela. Cerca de 57% das pessoas questionadas pelo Aimia Insititute numa pesquisa informaram que evitam marcas que os bombardeavam com propagandas e mensagens de marketing constantemente. Mas, com os podcasts, é possível apresentar a marca de forma mais sutil.

Marketing de conteúdo

Fonte: Freepik.

Como podcasts são conteúdo de áudio, eles podem ajudar na implementação de uma abordagem mais discreta. Desta forma, seu negócio pode se tornar um elemento intrínseco do próprio conteúdo sem, necessariamente, precisar falar na marca o tempo todo, criando uma narrativa atraente para o público.

É válido lembrar que a narrativa (storytelling) é um instrumento vital para o engajamento do consumidor. Através de histórias apropriadas, esclarecedoras e valiosas transmitidas por meios pertinentes, as empresas podem se conectar com clientes e desenvolver uma audiência devota sem precisar saturar a marca.

2. Fácil de consumir e amigável para o mobile: ao contrário de blogs e vídeos, a beleza dos podcasts reside no fato de que o conteúdo de áudio pode ser acessado de forma conveniente em qualquer lugar. Ele não força os usuários a abandonar o que estão fazendo apenas para se concentrar no conteúdo. Independentemente de onde estiverem, os usuários podem facilmente escutar seu podcast.

Podcast

Fonte: Freepik.

Atualmente, tornou-se imperativo para quem trabalha com marketing digital identificar o comportamento dos consumidores e renovar sua abordagem levando isso em conta. Portanto, com mais e mais consumidores usando smartphones, também é importante tornar seu podcast amigável para dispositivos móveis.

3. Rápida finalização: uma das razões pelas quais você deve tentar fazer um podcast é que essa é uma forma de produzir conteúdo mais elaborado que os textos e mais simples que os vídeos. Independentemente do software de áudio que você estiver usando, logo perceberá que todo o processo de edição de um podcast é muito rápido.

Veja também  Dicas de otimização de conteúdo para ele ser realmente lido

4. Reflexão da verdadeira personalidade da marca: além de oferecer valor para os clientes, os podcasts também podem refletir a individualidade e valores fundamentais de uma empresa. Em vez de usar conteúdo escrito para transmitir o significado de uma marca, o que nem sempre é fácil, você pode exprimi-lo verbalmente e isso, consequentemente, fortalece ainda mais a conexão com seus clientes.

Podcast para empresas

Fonte: Freepik.

5. Alcance de um público mais amplo: uma vez que um podcast é publicado numa plataforma, uma empresa expõe seu conteúdo para uma audiência mais ampla sem nenhum custo adicional. Essas plataformas atuam como mecanismos de busca que são usados por indivíduos para procurar diferentes tipos de conteúdo em áudio, inclusive podcasts, recebendo uma ampla publicidade orgânica.

Os podcasts também ajudam as empresas no desenvolvimento de uma lealdade mais ampla. As audiências geralmente se inscrevem em uma série de podcasts e frequentemente os escutam. Além disso, existe uma grande possibilidade de que os ouvintes recomendem seus podcasts para amigos, aumentando significativamente seu alcance e gerando tráfego.

6. Promove um relacionamento mais próximo com os clientes: embora um podcast seja uma plataforma unidirecional, ele pode facilitar desenvolvimento de melhores relacionamentos com clientes. Isso faz o seu público sentir como se eles reconhecessem o indivíduo falando no podcast.

Dicas para criar podcasts

Fonte: Freepik.

A principal razão pela qual os indivíduos escutam podcasts é que eles sentem algo mútuo entre quem fala e a empresa sendo representada. Desta forma, promover uma boa relação encoraja o público a permanecer conectado com a empresa. Tudo isso resulta em conversões aprimoradas, pois os indivíduos tendem a fazer mais negócios com conhecidos do que estranhos.

Atualmente, as empresas estão implementando progressivamente o podcast para aumentar seus lucros, pois esta é uma ferramenta de marketing influente e que, gradualmente, se ampliou devido a popularização dos dispositivos móveis, como smartphones e tablets. De fato, o aumento no uso de smartphones resultou no desenvolvimento maciço do podcast.

No entanto, assim como qualquer outro método de marketing de conteúdo, a realização de podcasts corporativos depende da autenticidade, valor e significado para os clientes. Não existe uma fórmula única para o sucesso; no entanto, parece que mais e mais empresas estão entusiasmadas em experimentar o podcast.

Veja também

Como auditar e melhorar seu conteúdo

By | Marketing de Conteúdo

Com a empresa crescendo, o mesmo acontece com o conteúdo. Ter um ótimo conteúdo é superimportante e, embora seja necessário continuar adicionando material ao site, se você não voltar e verificar o que já foi feito, pode acabar com um monte de conteúdo que não está alinhado com suas metas de negócios.

Veja também  7 técnicas de marketing de conteúdo que vão impulsionar o engajamento da audiência
Read More
Conteúdo duplicado: saiba o que é

Conteúdo duplicado: saiba o que é

By | Marketing de Conteúdo

No mundo do SEO, sempre nos dizem para evitar conteúdo duplicado porque isso tende a gerar resultados indesejados. Mas por quê? Como isso afeta o SEO e o ranqueamento do site? Você sabia que até mesmo blocos de conteúdo semelhantes podem ser considerados conteúdos duplicados pelos mecanismos de busca? Leia o artigo e saiba mais.

Read More
Rodrigo Darzi

Sobre Rodrigo Darzi

Pai de 2 filhos. Especialista em Marketing Digital. MBA em e-Business pela FGV. Formado em Administração de Empresas pelo IBMEC. Empreteco.