6 formas de usar o Google Analytics para entender melhor o tráfego do site

O Google Analytics é uma ferramenta gratuita de análise de web que os proprietários de sites podem usar para rastrear e analisar o tráfego do site. Ele foi lançado em novembro de 2005 pelo Google, tornando-se a ferramenta de análise mais popular e amplamente utilizada. Veja então 6 formas de usar o Google Analytics para entender melhor o tráfego do site:

Análise do Marketing Digital

Fonte: Freepik.

1. Observe os números: quando se trata de usar o Google Analytics para entender melhor o tráfego do seu site, você pode observar o número exato de visitantes que retornam ao seu site, além dos que o visitaram pela primeira vez. Nem é preciso dizer que, se o conteúdo do seu site for suficientemente interessante (e otimizado para SEO), os visitantes podem voltar sempre.

Você pode verificar em “Público” no Google Analytics e ver exatamente quantos visitantes retornaram ao seu site durante um determinado período. Você também pode determinar quais páginas em seu site estão sendo mais visitadas, observando o que seu público médio prefere ver. Isso permite que você dê a ele mais conteúdo de sua que preferência, por exemplo.

2. Verifique a taxa de engajamento: usando este aspecto do Google Analytics, você poderá entender exatamente quanto tempo os visitantes gastam no seu site e quais conteúdos específicos os envolvem e prendem sua atenção. Mas tenha em mente que o Google apenas mede o engajamento e o deslocamento de um visitante dentro do site.

Analisar seus níveis de engajamento é vital porque permite descobrir se seu conteúdo é envolvente o suficiente ou se é necessário dedicar mais tempo e energia no desenvolvimento de materiais para o site.

Análise de sites

Fonte: Freepik.

3. Veja a quantidade média de páginas visitadas: ao usar o Google Analytics para entender melhor o tráfego do seu site é importante olhar em quantas páginas seus visitantes clicam antes de sair do site. Se o número estiver baixo, você pode inserir botões de chamada para ação ou incorporar links para outras páginas dentro do conteúdo de uma página específica.

Outra alternativa é oferecer publicações recentes ou relacionadas na parte inferior da página para que os visitantes se mantenham no site por mais tempo. Se o número de páginas que seu visitante médio aumentar significativamente, isso implica que você conseguiu aumentar o engajamento do público no site.

Veja também  Por que todo site deve se preocupar e converter para HTTPS

Você também pode monitorar a quantidade de tempo que os visitantes gastam em seu site e em cada página. As páginas com visitantes persistentes por longos períodos de tempo são, obviamente, melhores do que páginas em que as pessoas ficam apenas alguns segundos. Essa comparação pode ajudar a determinar o fator comum que atrai os visitantes.

4. Esteja ciente de sua taxa de rejeição: sua taxa de rejeição refere-se à frequência com que um visitante chega ao seu site e sai dele sem nem olhar onde está. Isso pode ser causado por uma série de fatores, incluindo uma página inicial pouco atraente, design confuso ou pobre, falta de atualizações, dentre outros. Qualquer coisa pode ser motivo para um visitante não permanecer em seu site.

6 formas de usar o Google Analytics para entender melhor o tráfego do site

Fonte: Freepik.

Para reduzir a taxa de rejeição, você deve tentar projetar sua página inicial para ser mais atraente visualmente ou adicionar conteúdo com títulos mais sedutores. Uma alta taxa de rejeição também pode ser evitada usando um serviço de hospedagem que garanta uma boa velocidade de carregamento do site. Afinal, a lentidão sempre é motivo para abandonarmos qualquer página.

5. Veja o número de conversões de e-mail: o Google Analytics permite que você veja quantos de seus visitantes acessaram seu site via e-mail. E não se trata apenas de saber quantas pessoas assinaram sua newsletter; você também pode descobrir quantos de seus assinantes realmente visitam seu site por meio dos links enviados por e-mail.

Usando esta informação, você poderá verificar se o marketing por e-mail é uma estratégia eficaz para o público e se deve continuar investindo tempo, esforço e recursos nisso. Você também pode aprender quais navegadores, provedores de internet e sistemas operacionais a maioria de seus visitantes estão usando para acessar seu site e melhorar a experiência do usuário.

Veja também  Por que você precisa analisar seu site imediatamente

6. Conheça a localização e o idioma: na seção “Público – Geográfico” do Google Analytics, os dados relativos à localização e idioma dos visitantes são fornecidos facilmente. Esta categoria é especialmente útil se o conteúdo do seu site foi desenvolvido com a intenção de segmentar pessoas em um local ou país específico. Se a sua estratégia de destino tiver sido bem-sucedida, você logo verá.

Gestão de Sites

Fonte: Freepik.

Se você não estiver segmentando uma região específica, mas os dados do Google Analytics indicarem que seu site está recebendo mais visitantes desse determinado local, essa pode ser uma nova oportunidade para novos negócios. Você pode, por exemplo, começar a apresentar notícias deste local ou mesmo comercializar seus produtos com uma nova área.

Existem muitas maneiras maravilhosas de o Google Analytics ajudar sua empresa a entender melhor o tráfego do seu site e fornecer conteúdos mais interessantes e valiosos para seu público-alvo, aumentando o desempenho geral do seu site. O importante é usar a ferramenta e começar a aproveitá-la das mais diversas formas!

Veja também

8 razões para os dados do Google Analytics não corresponderem aos do Facebook

8 razões para os dados do Google Analytics não corresponderem aos do Facebook

By | Gestão de Mídias Sociais, Gestão de Sites

Acompanhar o desempenho de suas campanhas sociais é fundamental para maximizar seu sucesso. Mas o fato é que nem sempre os dados do Google Analytics e do Facebook são iguais. Para melhorar a sua gestão de mídias sociais, confira 8 razões para os dados do Google Analytics não corresponderem aos do Facebook Insights.

Read More
Rodrigo Darzi

Sobre Rodrigo Darzi

Pai de 2 filhos. Especialista em Marketing Digital. MBA em e-Business pela FGV. Formado em Administração de Empresas pelo IBMEC. Empreteco.