Conheça as diferenças entre black hat e white hat

Existem técnicas de SEO específicas utilizadas por desenvolvedores e donos de sites para tentar melhorar o ranqueamento de suas páginas nos mecanismos de pesquisa. Chamadas de white hat e black hat, algumas dessas técnicas são aprovadas pelos buscadores e outras nem tanto. Conheça as diferenças entre black hat e white hat.

Conheça as diferenças entre black hat e white hat

Fonte: Freepik.

Os motores de busca determinam seus rankings através de algoritmos próprios e secretos, porém baseados em certos princípios bem conhecidos. A otimização para mecanismos de pesquisa busca aplicar esses princípios para melhorar a colocação dos sites em rankings de pesquisas. As diferenças entre black hat e white hat relacionam-se a quais técnicas são usadas ao aplicar esses princípios.

Black hat SEO refere-se a tentativas de melhorar os rankings de maneiras que não são aprovadas pelos motores de busca e tenta enganá-los, indo contra suas diretrizes. Já white hat SEO refere-se ao uso de de boas práticas para alcançar altas posições nos rankings, cumprindo as diretrizes dos mecanismos de busca.

O black hat usa técnicas antiéticas e desaprovadas pelos motores de busca, que incluem o uso excessivo de palavras-chave, criação de páginas de entrada falsas, textos copiados, distribuição de links de baixa qualidade, textos escondidos, dentre outras. O resultado disso é que, eventualmente, o site sofre penalizações e pode ser desindexado dos sites de busca.

Otimização de sites

Fonte: Freepik.

Por outro lado, o white hat age conforme os projetos dos motores de busca utilizando técnicas aprovadas e gerando resultados duradouros. As técnicas de white hat incluem pesquisa e análise de dados, uso de metatags para serem mais relevantes, melhora nos conteúdos e redesign do site, o que leva a um crescimento constante.

Principais diferenças entre black hat e white hat

As técnicas de black hat SEO geralmente incluem características que quebram as regras e os regulamentos do mecanismo de pesquisa e criam uma experiência de usuário pobre. Os diferentes conteúdos são usados de forma antiética para enganar tanto os bots dos motores de busca quando os usuários humanos.

Veja também  Como otimizar seus artigos

O uso de black hat SEO pode produzir resultados rápidos, mas também oferece um enorme risco de penalização ao ser descoberto. Essa é uma solução de vida curta para um problema que deve ser resolvido a longo prazo, o tráfego orgânico. Essas técnicas criam uma ilusão de crescimento pois, apesar de fazer o site subir nos rankings, logo ele começa a ser rejeitado pelos usuários.

SEO

Fonte: Freepik.

As técnicas de white hat SEO criam conteúdo para usuários, e não para motores de busca, com o objetivo principal de promover o número de acessos com material de qualidade. Os white hats não só seguem todas as boas diretrizes de SEO, mas garantem que todo o conteúdo indexado pelos motores de busca seja exatamente igual ao que recebemos ao acessar um site.

Ele se concentra na legibilidade, relevância e fornecimento de conteúdos bem estruturados e bem escritos que serão úteis para as pessoas que os lerem. Essas técnicas também se concentram em criar uma boa experiência para os usuários, assim como na construção de backlinks relevantes, colocados em fontes confiáveis.

Eficácia e consequências

O SEO não é uma ciência exata e existe uma ampla gama de opiniões dentre os profissionais da área em relação a eficácia das técnicas de black e white hats. Mas a maioria deles concorda que os white hats levam mais tempo para melhorar os rankings de pesquisa de um site, mas também obtêm resultados mais duradouros.

Otimização de sites

Fonte: Freepik.

Mesmo que os resultados rápidos tornem o black hat SEO tentador, ele pode levar ao banimento do site ou a uma série de penalidades. Correr esse risco não vale a pena, principalmente para sites que planejam ficar no ar por muito tempo. Além disso, esses métodos fornecem apenas resultados a curto prazo pois, uma vez que o site é rejeitado pelos usuários, ele cai nos rankings de busca.

As atualizações dos algoritmos dos mecanismos de busca já demonstram há muito tempo que praticar white hats oferece muitas vantagens. A atualização Panda, do Google, recompensa sites que possuem conteúdo de alta qualidade. Depois dela, ter páginas de baixa qualidade passou a afetar não apenas o ranqueamento específico dela, mas do site como um todo.

Veja também  White Hat: as boas práticas de SEO

Já a atualização Penguin, também do Google, foi direcionada especificamente para as técnicas de black hat SEO usadas para a acumulação de links de baixa qualidade (link farming). Milhares de sites foram penalizados devido a essa atualização, encorajando os webmasters a remover links de baixa reputação que apontavam para seus sites.

White hat e black hat

Fonte: Freepik.

Existem diferenças entre black hat e white hat. Depois de conhecê-las, fica claro que cada uma delas serve a um propósito. Porém, quem deseja manter seu site online por muito tempo deve começar a abandonar as técnicas de black hats e passas a adotar os white hats.

Veja também

A importância do Link Building no SEO

A importância do Link Building no SEO

By | Otimização de Sites (SEO) | No Comments
Read More
SEO Interno, como fazer

SEO interno, como fazer a otimização perfeita

By | Otimização de Sites (SEO) | No Comments

Quando pensamos em como fazer SEO interno de um site, a maioria das pessoas pensa nas questões técnicas, como programação e layout. Obviamente, esses são detalhes muito importantes e que precisam ser pensados na hora da criação de um site. Mas, além da técnica, há uma série de outros processos que são fundamentais no SEO interno e eles passam basicamente pelo conteúdo que será postado no blog e em outras páginas. No texto de hoje, separamos algumas dicas de como fazer SEO interno e o que deve ser evitado para não gerar punições do Google. Confira o que separamos mais abaixo!

Read More
Rodrigo Darzi

Sobre Rodrigo Darzi

Pai de 2 filhos. Especialista em Marketing Digital. MBA em e-Business pela FGV. Formado em Administração de Empresas pelo IBMEC. Empreteco.