Como iniciar um negócio de comércio eletrônico

Muita gente sonha em montar o próprio negócio. Mas a falta de oportunidade e os gastos que envolvem a abertura de uma empresa acabam espantando a maioria das pessoas. Outras, optam por ter um negócio em casa e comercializar mercadorias na internet. Mas como iniciar um negócio de comércio eletrônico?

Como iniciar um negócio de comércio eletrônico

Fonte: Pixabay

A popularidade das compras online é cada vez maior. Afinal, nem sempre estamos dispostos a encarar as filas das lojas. Além disso, a internet nos dá acesso a mercadorias que, de outra forma, seriam difíceis de conseguir, ainda mais pelo preço praticado na rede. As compras online se tornaram mais sofisticadas e convenientes, acompanhando a demanda de consumidores cada vez mais exigentes.

No entanto, apesar da concorrência, nunca houve um momento melhor para considerar iniciar um negócio de comércio eletrônico, especialmente se você deseja alcançar pessoas que não estão geograficamente próximas. Em um artigo escrito recentemente para empreendedores, Thomas Smale apresenta alguns dados para explicar porque agora é o momento certo para começar um e-commerce.

  • Em todo o mundo, o comércio eletrônico deve crescer de 13% a 25% por cento, com a previsão de 1,6 trilhão de dólares em lucros para os comerciantes on-line este ano e 2,5 trilhões em lucros até 2018;
  • Existe a capacidade de ganhar até enquanto você dorme, pois uma loja online fica aberta 24 horas por dia, 7 dias por semana, para pessoas de todo o mundo;
  • 80% das pessoas que usam internet continuamente já realizaram ao menos uma compra online.

Se ainda não começou a montar o seu comércio eletrônico, pode se sentir inicialmente intimidado por toda a concorrência que já existe. No entanto, há lugar para todos. Dos gigantescos sites de comércio eletrônico até pequenas lojas locais de artesanato, todos podem estar na internet e lucrar com isso. Basta saber usar bem as ferramentas disponíveis e desenvolver uma estratégia sólida.

Por isso, não vale a pena desistir antes de começar. Comece decidindo o que você quer fazer e definindo seu nicho. Ao saber o que você vai vender, seja um produto ou serviço, e a quem você quer atingir, fica muito mais fácil criar um plano empresarial e desenvolver estratégias para vendas online.

Tenha um plano sólido e metas para ajudar a manter o foco no que é fundamental, assim como um orçamento definido para trabalhar. Ao criar o seu plano, não se esqueça de tentar antecipar e se preparar ao máximo para todas as situações que possam surgir, sejam elas positivas ou negativas.

Veja também  Como aumentar a taxa de conversão móvel da loja virtual

Para não ter surpresas desagradáveis, tente gastar o mínimo possível ao iniciar um negócio de comércio eletrônico. Felizmente, a maioria das plataformas de e-commerce permitem que você comece gastando muito pouco e alguns, inclusive, permitem criações básicas gratuitas. Isso também possibilita que, caso você desista, esta opção não gere prejuízos.

Certifique-se de ler e entender completamente todos os termos e condições da plataforma de comércio eletrônico que você escolher antes de montar sua loja. Afinal, depois que sua loja estiver montada e dando lucro, você não vai querer que ela seja tirada do ar por alguma violação de conduta que você não conhecia.

É claro que, para ter um negócio de comércio eletrônico, construir um site é fundamental. Ter um site atraente e fácil de achar é importante não só para sua estratégia de marketing, como também relevante as atividades de comércio eletrônico. Seu site é onde clientes potenciais tem a chance aprender mais sobre sua empresa e produtos e também onde eles começam a pesquisar e tomar decisões de compra.

E não se esqueça que, para que as pessoas possam encontrar o seu negócio online, você também deve implementar técnicas de SEO no seu site, como atualizar regularmente o blog e fazer boas escolhas de palavras-chave para manter o conteúdo sempre em alta.

Ser ativo e envolvido em mídias sociais é um diferencial visto com bons olhos pelos consumidores, pois ajuda no desenvolvimento de uma relação com eles, além de também levar seu conteúdo a pessoas que não conhecem seu negócio, mas são clientes em potencial.

Quando o seu negócio de comércio eletrônico estiver estabelecido, as mídias sociais podem fornecer grandes oportunidades para você recompensar os clientes fiéis com cupons ou notificações de vendas especiais, o que ajuda a manter a reputação da sua empresa em alta sempre.

Você está pensando em iniciar um negócio de comércio eletrônico ou já deu o pontapé inicial para o processo? Como está sendo este processo?

Veja também

7 práticas recomendadas para melhorar a experiência do usuário no e-commerce

7 práticas recomendadas para melhorar a experiência do usuário no e-commerce

By | Lojas Virtuais

Um dos maiores desafios do comércio eletrônico é a conversão de visitantes casuais em clientes pagantes. Se os clientes vão desejar pagar por seus produtos não depende só dos produtos em si, mas também da experiência proporcionada. Uma ótima experiência torna os produtos mais desejáveis. Veja 7 práticas recomendadas para melhorar a experiência do usuário no e-commerce.

Veja também  6 razões para renovar o seu site de e-commerce
Read More
3 formas que sites de e-commerce podem aumentar as vendas usando Pinterest

3 formas que sites de e-commerce podem aumentar as vendas usando Pinterest

By | Gestão de Mídias Sociais, Lojas Virtuais

Se você tem um site de e-commerce, saiba que o Pinterest é uma das redes sociais que precisam estar no seu arsenal de marketing. Segundo o Shopify, o Pinterest é a segunda maior fonte de tráfego para sites e o valor médio das vendas feitas através dele é de 50 dólares, maior do que qualquer outra rede social. Veja 3 formas que sites de e-commerce podem aumentar as vendas usando Pinterest.

Read More
Rodrigo Darzi

Sobre Rodrigo Darzi

Pai de 2 filhos. Especialista em Marketing Digital. MBA em e-Business pela FGV. Formado em Administração de Empresas pelo IBMEC. Empreteco.

E-book de Mídias Sociais
A Agência IMMA preparou um material exclusivo para você começar entender como funciona a gestão de mídias sociais e como utilizá-las.

Insira o seu e-mail para receber o nosso e-book
QUERO MEU E-BOOK